Rei Leão – Mitos , Verdades e Similaridades

Poucos sabem, mas o filme da Disney Rei Leão, é inspirado em Sundiata Keita ou Queitá que e o fundador e primeiro Mansa do Império do Mali no oeste Africano e seu apelido é exatamente o título do filme.Ele demonstrou uma visão aguçada para entender o futuro de seu país, ao unir todas as tribos malínques sob um território só, derrotando em duelos e batalhas líderes tribais, até por fim enfrentar as tribos Sossos, lideradas pelo poderoso rei Sumaoro Kanté.

Na Batalha de Kirina, Keitá unifica o Mali e permite os Sossos viverem sob seu reino ( incomum até para África*), sendo um marco histórico o tratado conhecido como “Carta de Kurunga Fuga ou como os malinenses pronunciam Curucã Fuga, na qual ele reuniu representantes de todas as castas sociais e tribos(incluindo escravizados) para discutir leis e como o reino deveria ser governado. ( Daí entra a analogia que o filme do Rei Leão faz, da harmonia entre todos os animais e a diversidade, coexistência pacífica.)Outra coisa legal, é que no Mali o Islã não foi imposto, bem como ele dividiu as tribos para realizar funções das quais elas tinha aptidão “… Os malinkas e outros povos aliados foram divididos pela Carta em 16 castas de nobres, os “portadores de aljavas”. Já os marabus, entre eles alguns que professavam o islamismo, formaram os cinco clãs dos “guardiães da fé”.

Os praticantes de ofícios, inclusive o de griô, foram repartidos entre outros quatro clãs.Os Sossos, derrotados na batalha, tiveram que se fundir aos clãs de praticantes de ofícios, e perderam suas terras, que foram consideradas domínio imperial.A divisão conferia a cada clã um grau considerável de autonomia, permitindo que cada rei conservasse os costumes de seu povo.”Ou seja, mesmo tendo o poder, ele não impôs o estilo de vida Malinqua aos estrangeiros (árabes, alguns europeus…) nem aos povos conquistados, contrariando a visão de homem violento e autoritário que comumente é creditada aos soberanos africanos.

#africatwin #africa #divindade #brasil #axe #hotep #racismo #racismoestrutural #kemet #homempreto #homemnegro #mulhernegra #afrohair #afroempreendedorismo #afro #afrofuturismo

0 comentário em “Sundiata Keita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: