viajantes

O que fazer em Barcelona ? Veja 15 dicas de passeios

Por Évelin Karen

Capital da Catalunha, Barcelona é a segunda maior cidade da Espanha e a maior metrópole do Mar Mediterrâneo.

Anualmente, Barcelona atrai milhares de turistas do mundo inteiro e é considerada uma das cidades mais visitadas do mundo. Também pudera, além de toda herança cultural e da diversidade arquitetônica, não faltam opções de programas para se realizar na cidade. Confesso que este era um dos lugares deste mundão de meu Deus que eu mais queria visitar na minha vida. E da para a viajante mochileira que ganha em reais, mas paga em euros, conhecer pelo menos um pouquinho da cidade sem gastar muito? Com certeza! Listei aqui 15 opções legais para você saber o que fazer em Barcelona, e é claro, baseada na minha experiência de 4 dias na cidade. Bora conferir?

1- Praia de La Barceloneta

Praia de la Barceloneta – Foto by turista aleatório

Se você procura altos agitos este é o seu lugar. Além de curtir muita gente bonita, sol e mar, na Praia de La Barceloneta você também pode aproveitar para comer e beber em um dos diversos bares e restaurantes da região, caminhar pelo extenso calçadão e conferir Porto Olímpico que foi construído para os Jogos Olímpicos de 1992. #nafaixa

2- Free Walking Tour

Existem várias tipos de free walking tour em Barcelona: o que passa pelos principais pontos do centro histórico, um tour de Gaudi, o Forbidden (que mostra o lado B da cidade), mas eu acabei optando pelo basicão mesmo. Fiz o passeio com um guia da empresa Sandemans New logo no dia que eu cheguei em Barcelona. Às 11 da matina, na Plaça de l’Àngel, encontrei o guia com o guarda chuva vermelho e de lá saímos com o grupo em direção aos principais pontos da Ciutat Vella. Passamos pelo Bairro Gótico, as ruínas romanas, a Catedral de Barcelona, Igreja Santa Maria del Mar e a Felip Néri (preferida de Gaudi). Além disso, ouvimos várias histórias sobre o povo catalão e a eterna treta da independência (confesso que enquanto ouvia os relatos até associei um pouco com os gaúchos que são a favor da independência do Rio Grande do Sul). #pago

3- Mercado de La Boqueria

E próximo ao Gato de Botero fica o famoso Mercado de São Jose, mais conhecido como La Boqueria. Inaugurado em 1840, o lugar é uma explosão de cores, cheiros e sabores. Ali você pode comprar frutas, legumes, carnes, doces, artesanatos, vinhos. Mas se você quer apenas sentar para curtir, também é possível ir em um dos bares e restaurantes instalados lá dentro. Quem passa por este agitado mercado nem imagina que ali um dia abrigou o Convento de San José. Mas, após um incêndio criminoso, foi decidido construir o mercado no lugar, trazendo apenas o mesmo nome do convento. #nafaixa

4- Palau Virreina

Quase ao lado do Mercado de la Boqueria está o Palácio Virreina, local que hoje abriga o Instituto de Cultura da Prefeitura, além de diversas exposições. O lugar oferece experiências culturais focadas em imagens, por isso você pode conferir pinturas, quadros, além de exibições. Tive a oportunidade de conferir duas exposições no dia que eu fui e o melhor de tudo: de graça! #nafaixa

5- Sagrada Família

Ir à Barcelona e não visitar o Templo Expiatório da Sagrada Família é praticamente como ir à Roma e não ver o Papa. Esta obra do arquiteto Antoni Gaudi é um marco da arquitetura modernista catalã e uma das igrejas mais diferentes do mundo (eu achei surreal). Além disso, outro assunto que merece destaque quando falamos da Sagrada Família é que parece que ela vive numa ” obra eterna”, já que a construção começou em 1882 e não foi concluída até hoje (fui em 2019, já estamos em 2021 e nada… rs). A previsão é que a obra seja concluída em 2026, mas… tá aí um assunto que pode render um bom bolão! #pago #nafaixa (explicarei mais sobre este “pulo do gato” no meu próximo post).

6- Tour das igrejas góticas

Eu fiquei de boca aberta com as igrejas de Barcelona. Além da Sagrada Família, que é uma das construções mais loucas que eu já vi, também fiquei encantada com a Catedral de Barcelona. A igreja, inaugurada em 1928, tem uma grande fachada lindíssima. Ouso falar que quando o assunto é beleza ela ganha da Sagrada Família.

Além delas, também visitei a Igreja de Santa Maria di Pi, inaugurada em 1319 e a Igreja de Santa Maria del Mar, inaugurada em 1384. Em todas elas fiquei encantada desde o momento em que vi a fachada, até quando caminhei pelos corredores e admirei as pinturas e os vitrais. #nafaixa aos domingos #pago nos outros dias

7- El Gato de Botero

El Gato de Botero – Foto by Évelin Karen

Você é cat lover ou curte as obras do colombiano Botero? Se respondeu sim para alguma destas perguntas então você precisa dar uma passadinha pela Rambla del Raval, onde fica o famoso Gato de Botero. O sorridente gatinho chegou em Barcelona em 1987 e desde então já se instalou em vários pontos da cidade. Já esteve no Parque de la Ciutadella, no Estádio Olímpico, mas agora ele encanta crianças e adultos na Rambla del Raval. #nafaixa

8- Castell de Montjuic

Está pensando em ir para Montjuic? Se você subir até o topo da colina, primeiro poderá poderá curtir o Parque e depois o Castelo de Montjuic, ambos com uma vista incrível. Aos domingos é possível entrar de graça no castelo e conferir um pouco das histórias deste local que serviu de cenário para importantes momentos da história da Catalunha, como a Guerra da Sucessão Espanhola. Além das exposições, são realizadas diversas exibições que tornam o tour pelo castelo muito mais rico. #nafaixa aos domingos #pago nos outros dias

9- Museu Nacional da Catalunha

Eu cheguei no prédio do Museu Nacional da Catalunha muito sem querer e fiquei impressionada, já que ele fica simplesmente no grandioso Palácio Nacional. Se você curte passear por museus, saiba que este é um dos principais de Barcelona. Agora se este não é seu tipo de passeio, recomendo que você vá pelo menos para conferir não só a beleza da arquitetura deste prédio, como também a vista da cidade que se tem do alto do Palácio. #nafaixa pra ver a fachada #pago pra entrar no museu

10- Plaça d’Espanya

E bem em frente ao Palácio Nacional está a imponente Praça da Espanha, umas das maiores e mais movimentadas praças do país. O local foi inspirado na Praça de São Pedro, no Vaticano, e dá acesso as Torres Venezianas, ao Centro Comercial Las Arenas (antiga Praça de Touros Arenas) e ao Museu Nacional da Catalunha. #nafaixa

11- Arc de Triomf

Com um estilo Neoislâmico, o Arco do Triunfo é um monumento muito conhecido da cidade de Barcelona. Projetado pelo arquiteto Josep Vilaseca i Casanovas, o local foi inaugurado em 1888. Diferente do Arco de Triunfo de outras cidades que tendem a ressaltar as vitórias militares (como o de Paris), em Barcelona a construção representa a modernidade e avanço científico, artístico e econômico. Se você está indo para o Parque de la Citatella ou vindo da rodoviária de Barcelona, super vale a pena conferir este belo e imponente monumento. #nafaixa

12- Parque Guell

E eis aqui mais uma obra projetada por Gaudi! Declarado Patrimônio Mundial da Unesco em 1984, o Parque Guell é atualmente uma das atrações turísticas mais visitadas de Barcelona. Poderia ser apenas mais um grande jardim com uma linda vista da cidade, mas este parque possui também diversos elementos arquitetônicos, que o transforma em uma espécie de cenário de livro/ filme de ficção. Ali, cada elemento tem uma simbologia, levando os visitantes a uma experiência diferenciada. #pago

13- Ver os locais dançando Sardana

Era manhã de domingo quando encontrei um grande grupo em frente a Catedral de Barcelona. Todos, em sua maioria idosos, de mãos dadas e fazendo pequenos movimentos muito bem sincronizados com a música que rolava de fundo. O que era? Catalães dançando Sardana, a dança típica deles e motivo de muito orgulho. Se você ficou curioso para saber como é esta tal dança clique nos destaques de Barcelona no meu Instagram#nafaixa

14- Fazer um Pub Crawl

Se você vai se hospedar em hostel, saiba que existem grandes chances de você “cair em tentação” e acabar fazendo um pub crawl por alguns bares da cidade, uma vez que Barcelona tem uma vida noturna bem agitada. E depois de alguns “tragos” e cervezas é bem provável que você amanheça bailando em uma das diversas casas noturnas da cidade. #pago

15- Parque de la Ciutadella

Parque de la Citadella – Foto by Évelin Karen

O Parque de la Ciutadella é o mais antigo de Barcelona e foi por muitos anos o único parque da cidade. Inaugurado em 1881, ele é considerado uma cópia do Jardim de Luxemburgo de Paris. Além do amplo jardim e da diversidade de árvores, o parque também conta com um lago com cascata, além de vários animais. No dia que visitei o parque, encontrei vários turistas e locais curtindo a tarde, fazendo pic nic, ouvindo ou fazendo música e enchendo a memória do celular tentando capturar imagens que transmitam a beleza do local. #nafaixa

Sei que minha lista de lugares para visitar em Valência ficou bem maior que esta, mas para quem ficou apenas 4 dias em Barcelona até que eu consegui fazer bastante coisa, não acham? Sentiu falta de algum lugar que eu deveria ter visitado? Compartilhe comigo nos comentários para eu incluir no roteiro da minha próxima viagem (pois sim, um dia voltarei para Barcelona COM CERTEZA).

E no próximo post eu contarei para vocês uma informação muito valiosa: como visitar a Sagrada Família DE GRAÇA! Fiquem de olho.

Fonte: https://evefrommogi.wpcomstaging.com/

0 comentário em “O que fazer em Barcelona ? Veja 15 dicas de passeios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: