família

Crianças negras têm três vezes mais chance de receber punições em escolas nos EUA, aponta estudo

A revista Crescer destacou dados de um estudo publicado pelo Jornal da Academia Americana de Psiquiatria Infantil e Adolescente (JAACAP, na sigla em inglês) onde foi observado que crianças negras ou pardas têm até 3,5 vezes mais chances de receber uma detenção ou suspensão na escola do que as crianças brancas, nos Estados Unidos.

Racismo estrutural nos EUA pode levar mais crianças negras a serem punidas nas escolas (Foto: Pexels)
Racismo estrutural nos EUA pode levar mais crianças negras a serem punidas nas escolas (Foto: Pexels)

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores analisaram dados (coletados entre 2016 e 2018) de 11.875 crianças entre 9 e 10 anos, recrutadas de 21 lugares diferentes dos EUA. Seus cuidadores responderam a um questionário, com perguntas como “no ano passado, seu filho teve alguma detenção ou suspensão?”. O estudo não levou em consideração a quantidade de detenções e/ou suspensões que a criança recebeu. Também foram incluídas questões sobre a utilização de serviços de educação especial na escola e conflitos familiares em casa. Do total de alunos analisados, 6.075 foram declarados brancos e 1.732 foram declarados negros ou pardos.

Entre todas as crianças, 633 (ou 5,4%) receberam punições na escola. Mesmo estando em menor número, a quantidade de crianças negras ou pardas que foram suspensas ou detentas foi maior: 263 (ou 15,2%), contra 180 (ou 3%) das crianças brancas que receberam punição.  

“O que descobrimos sugere que deve haver outros fatores que influenciam as ações disciplinares entre essas crianças. Dado que fomos capazes de controlar tantas variáveis neste estudo, é provável que preconceitos individuais e uma longa história de racismo sistêmico nos EUA tenham contribuindo para esse resultado”, declarou ao EurekAlert Brittany Bryant, .

Com esse estudo, os pesquisadores querem promover um debate sobre raça e disciplina nas escolas e influenciar educadores a analisar seus próprios preconceitos potenciais nas práticas disciplinares. “Acreditamos que os resultados não refletem o comportamento individual ou as deficiências morais de qualquer criança, mas, em vez disso, são o resultado de uma longa história de desigualdades sociais e racismo estrutural nos Estados Unidos”, concluiu Emilio Valadez, pesquisador de pós-doutorado na Universidade de Maryland (EUA) e coautor do estudo.

Fonte: revista CRESCER

0 comentário em “Crianças negras têm três vezes mais chance de receber punições em escolas nos EUA, aponta estudo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: