destinos e roteiros Turismo

Boa notícia! Estados Unidos reduz classificação de risco do Brasil para a mesma do Canadá e México

O Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC, da sigla em inglês) reduziu o grau de risco de viagens para o Brasil por conta da pandemia de “4 – muito alto” para “3 – alto”, igualando a nossa classificação a de países como Canadá, México, Alemanha e Chile. Ou seja, nos juntou com nações que já estão liberadas para viagens aos Estados Unidos.

Apesar da boa notícia, a medida ainda não flexibiliza as restrições para brasileiros viajarem para o país, mas é um passo importante para que isso ocorra futuramente.

Classificação de risco dos países pelo CDC dos EUA em 13 de setembro

Fonte: CDC

Países importantes permanecem no grau de risco “4 – muito alto”

Para se ter um parâmetro de comparação, o CDC manteve no grau de risco “4 muito alto” países como Portugal, Espanha, França, Reino Unido, Grécia, Israel, Turquia, África do Sul e Argentina. Ou seja, para o órgão a nossa situação atual é melhor que a desses países.

A classificação grau 4 orientava aos cidadãos norte-americanos evitarem ao máximo viagens para o Brasil.

Países com grau de risco “3 – alto”

Além do Brasil, Canadá, México, Alemanha, Chile, Suécia, Finlândia, Emirados Árabes fazem parte desse grupo, junto com outros países. No grau 3 o CDC recomenda estar totalmente vacinado antes de viajar para o destino e que não vacinados evitem viagens não essenciais.

Países com grau de risco “2 – moderado”

Países como Singapura, Egito e República Tcheca, República Dominicana, Coreia do Sul e outros países. No grau 2 só é recomendando estar totalmente vacinado antes de viajar e apenas não vacinados que apresentam risco aumentado de doenças graves devem evitar viagens não essenciais.

Países com grau de risco “1 – baixo”

Países como China, Taiwan, Hong Kong, Polônia e mais países. Neste grau só é recomendando estar totalmente vacinado antes de viajar, sem restrições.

Liberação de viajantes do Brasil depende de ordem presidencial

Apesar da avaliação mais favorável do CDC, que reflete o avanço da vacinação no Brasil e a redução das mortes, a decisão que proibiu a entrada de brasileiros com origem no Brasil ou que tenham passado por aqui nos últimos 14 dias antes da admissão nos Estados Unidos veio de uma ordem executiva presidencial. Portanto, só pode ser revogada da mesma maneira.

O governo Biden já sinalizou que estuda uma flexibilização das restrições para turismo de pessoas vacinadas, mas ainda não definiu um prazo ou mesmo as regras para que isso ocorra. Isso por conta da nova onda da pandemia de covid-19 que assola o país, que apresenta médias elevadas de 146 mil casos e 1.654 mortes por dia na última semana. A vacinação lá estagnou em pouco mais de 63% da população e a esmagadora maioria das mortes se dá entre os não vacinados.

Será que já podemos sonhar com a reabertura dos Estados Unidos para turistas brasileiros? Eu acredito que sim! A questão é quando… Outubro, novembro, dezembro? Qual a sua aposta? Quando é a sua viagem?

Eu tenho uma viagem marcada para novembro e estou na torcida!

Com informações do CDC e do Uol

Fonte: Leonardo Cassol para Melhores Destinos

0 comentário em “Boa notícia! Estados Unidos reduz classificação de risco do Brasil para a mesma do Canadá e México

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: